fbpx

Programa Habilitação Social entra na segunda etapa

Começa a fase de seleção e classificação das pessoas inscritas. No total, são 5 mil vagas oferecidas para a CNH gratuita

Programa Habilitação Social, df, brasília, cnh
Foto: Jhonatan Vieira/Sejus

Com as inscrições para o Programa Habilitação Social encerradas nesta segunda-feira (6), as secretarias de Desenvolvimento Social (Sedes) e de Justiça e Cidadania (Sejus) irão efetuar a seleção e classificação dos beneficiários de cada órgão e colocar esse resultado no sistema do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran).

O resultado final está previsto para sair na primeira quinzena de agosto. Vale lembrar que o candidato só poderá consultar se foi aprovado através de uma consulta individualizada, no Portal de Serviços do Detran, que pode ser acessado neste link.

De 25 de abril até o dia 6 deste mês, foram registradas 29.262 inscrições no programa, o qual oferece 5 mil vagas a pessoas de baixa renda, inscritas no CadÚnico, para obtenção ou renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), troca de permissão para dirigir pela CNH definitiva e adição ou alteração de categoria da habilitação.

Conforme mostra a Instrução nº 179/2022, depois da convocação dos selecionados, o candidato terá o prazo de 30 dias para agendar a biometria e abrir o processo no Registro Nacional de Condutores (Renach). Caso não o faça dentro deste período, perderá o direito ao benefício.

Documentação

O agendamento para a coleta biométrica será por meio do Portal de Serviços do Detran, para atendimento em uma das unidades do departamento. Para a abertura do Renach, o beneficiário precisa apresentar CPF, Carteira de Identidade ou documento equivalente, comprovante de endereço, comprovante de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e certificado ou declaração emitida por instituição credenciada pelo Ministério da Educação que comprove a condição de estar cursando ou ter concluído os três anos do ensino médio em escola da rede pública de ensino ou como bolsista integral em instituições privadas.

Após a coleta biométrica e abertura do Renach, o candidato terá 40 dias para fazer os exames médicos/psicológicos e, se considerado apto, terá mais 30 dias para matricular-se no Centro de Formação de Condutores (CFC) do Detran.

O beneficiário deverá consultar o site do Detran, na opção Programa Habilitação Social, para selecionar os prestadores de serviço de sua preferência.

*Com informações de Agência Brasília 

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?
%d blogueiros gostam disto: