Ponte do Bragueto vai ganhar complexo gastronômico e de lazer

Apelidada de “Pontão Norte”, o complexo vai dispor de paisagismo moderno, vagas de estacionamento, ciclovia, acessibilidade e muito mais

A capital federal está se tornando uma referência de cidade quando o assunto são projetos de ponte urbanizada e inteligente. Isto passa por obras como a que ocorrerá na Ponte do Bragueto. Ela passará por uma grande mudança em sua parte inferior que será transformada num complexo gastronômico e de lazer para toda a população do DF. Nesta segunda-feira (7), foi declarado no Diário Oficial do DF o Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI n.º 002/2020) para a obtenção de estudos de modelagem técnica, econômico-financeira e jurídica, de estruturação do projeto. 

Os estudos possuem pontos imprescindíveis que deverão ser apresentados nos projetos de implementação, gestão, operação e manutenção do complexo, fora a infraestrutura necessária para a execução. A forma de contratação vai ser decidida na fase de realização dos estudos. Sendo assim, ela poderá ser via Concessão Comum ou Parceria Público-Privada (PPP).

Para Roberto Andrade, secretário de Projetos Especiais, novamente o governo de Ibaneis Rocha manifesta sua preocupação no estímulo da economia do quadradinho através de PPP´s e concessões. “A Secretaria de Projetos Especiais, assim como todo o GDF, está cada vez mais atenta ao que existe de mais moderno e inovador mundialmente. Transformar uma área tão nobre e linda de Brasília num complexo para toda a população e ainda trazer mais investimentos à capital em meio a uma crise econômica é a prova disso”, argumentou.

Chamado carinhosamente de “Pontão Norte”, o complexo gastronômico e de lazer da Ponte do Bragueto vai dispor de paisagismo moderno, vagas de estacionamento, ciclovia, acessibilidade, entre outros.

“A maioria das pontes no Brasil são subutilizadas. Esse projeto vai revitalizar e agregar valor a toda aquela área da Ponte do Bragueto, que liga o Plano Piloto à região Norte do DF. A população, além de já ter recebido uma ponte nova, vai usufruir de uma superestrutura de lazer”, explicou Andrade.

O procedimento

Estão aptos para participar do PMI pessoas jurídicas de direito privado, individualmente ou em grupo. A primeira etapa do processo serve para averiguar se a empresa está qualificada para desenvolver os estudos por meio dos documentos requisitados.

Depois dessa fase e da autorização para realizarem o estudo, começa a etapa de desenvolvimento do projeto. Quando os estudos forem apresentados e hum dos concorrentes for selecionado, virá a parte de Consulta e Audiência Públicas. A partir disso é que a licitação poderá ser publicada, dentro dos prazos previstos em lei.

Os interessados poderão entregar os requerimentos de autorização para realização dos estudos até o dia 20 de janeiro de 2021, das 08h às 18h, na Secretaria de Estado de Projetos Especiais, localizada na Praça do Buriti, Zona Cívico-Administrativa, Palácio do Buriti, sala P50, Gabinete da Secretaria de Estado de Projetos Especiais, mediante protocolo. O Edital e os documentos necessários para participação no procedimento poderão ser obtidos aqui.

*Com informações da Agência Brasília

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?