fbpx

PL: Man. United bate Tottenham e dá um refresco na crise

United venceu fora de casa por 3 a 0. Chelsea soma mais 3 pontos, Liverpool e City tropeçaram na rodada

United
Comemoração vermelha em Londres. Foto: Reprodução/Twitter

Depois da derrota para o Liverpool em casa, a pressão aumentou para o lado do técnico do Manchester United. A semana foi recheada de boatos sobre uma possível demissão e com a lista dos favoritos para a sucessão. Mas a diretoria do clube se manteve ao lado de Ole Gunnar Solskjaer. O noruguês prometeu dar a volta por cima e assim aconteceu no último sábado (30).

Válida pela décima rodada da Premier League 2021/2022, o Tottenham recebeu o Manchester United em Londres. Era o típico jogo dos desesperados, afinal, os Spurs também estão enfrentando problemas e uma vitória traria um alívio para o técnico português Nuno Espírito Santo.

Solskjaer voltou a usar o esquema 3-5-2 e colocou na frente duas armas letais, Cavani e Ronaldo. Na defesa, ele pode contar com a volta de Varane e o francês teve a companhia de Maguire e Lindelof. Os laterais, Shaw e Wan-Bissaka, viraram alas e o meio teve Fred, McTominay e Fernandes.

Uma das críticas feitas ao time do noruguês era a incapacidade de fazer a marcação pressão e isso foi resolvido. Sem conseguir fazer a marcação alta, os jogadores se posicionaram de uma forma que acabou quebrando a linha de passe do adversário, com isso, o Tottenham não tinha muito para onde ir.

A mudança de uma rodada para outra era visível, os jogadores do United apresentaram uma outra postura. Com a defesa mais sólida, a arma era puxar o contra-ataque e usar o poder ofensivos dos alas. 

O primeiro gol veio de uma jogada portuguesa, Bruno Fernandes achou Cristiano Ronaldo e, com um cruzamento de “manual”, CR7 não perdeu, chute cruzado e Lloris não pode fazer muita coisa.  

O Tottenham até tentava criar e o brasileiro Lucas se destacava no ataque nos Spurs, no entanto, a defesa do United parecia outra, sem bater cabeça, o perigo era rapidamente afastado. Em 90 minutos, David De Gea não fez nenhuma defesa e na volta do segundo tempo, Lucas acabou sendo substituído.

No segundo tempo, Cristiano Ronaldo recebeu e bateu para gol, seria o segundo, mas o português estava um pouco adiantado. Minutos depois, novo contra-ataque e foi a vez de CR7 fazer o drible que é uma das suas marcas em campo, com o corte, ele deixou o defensor e achou Cavani livre, e El Matador não perdeu a chance. Primeiro gol do uruguaio na temporada.

A partida seguia com o United no domínio e o Tottenham sem saber o que fazer, nem Harry Kane, nem Heung-Min Son ofereciam perigo para David De Gea. A torcida vermelha estava vendo um outro time em campo, totalmente diferente daquele que perdeu para o Liverpool e para o Leicester.

Solskjaer, talvez de olho na partida contra a Atalanta nesta terça-feira, tirou Ronaldo para a entrada de Rashford, que fez o terceiro e definiu o placar. Cavani e Fernandes também foram substituídos na parte final do jogo.

A vitória tira a corda do pescoço do noruguês, mas a imprensa internacional ainda acredita que os dois próximos jogos serão fundamentais para a manutenção ou para o fim da era Solskjaer. Na terça, o United faz o segundo jogo contra a Atalanta na Itália e no fim de semana tem o clássico contra o Manchester City.

Perto do fim da partida, os torcedores do United voltaram a entoar o “chant’: “We´ll never die, We´ll never die”. A música faz uma referência à tragédia de Munich e reafirma a força do time, e lembra que a torcida seguirá carregando as bandeiras vermelhas voando alto, como diz a canção original, “we´ll keep the reds flags flying high, cos’ we’re Man. United and we’ll never die”.  

Outro momento registrado em Londres foi a torcida das arquibancas cantando em apoio ao técnico, “Ole, Ole”. Atitude bem diferente do que é possível observar da torcida nas redes sociais que segue com duras críticas ao noruguês e à diretoria do United.

Do lado do Tottenham, a crise se agravou e Nuno Espírito Santo foi oficialmente demitido após quatro meses de contrato. O favorito para assumir o posto é o italiano Antonio Conte, que teve o nome ligado ao United durante a última semana, em especial, pelo desejo de parte da torcida e do próprio técnico.

Outros jogos da décima rodada

O Manchester City não teve uma rodada nada fácil. O time de Guardiola acabou sendo derrotado pelo Crystal Palace por 2 a 0. A partida ainda teve a expulsão do zagueiro Laporte. 

Outro que acabou tropeçando na rodada foi o Liverpool. Os Reds em 25 minutos fizeram 2 a 0 para cima do Brighton, mas acabaram tomando o empate e o jogo terminou 2 a 2.

Mesmo sem Lukaku, o Chelsea não perdeu tempo e passou por cima do Newcastle por 3 a 0. Foram dois gols de Reece James e um de pênalti de Jorginho. O West Ham venceu o Aston Villa por 4 a 1.  E nesta segunda, o Wolves recebe o Everton para o encerramento da rodada.

Com o resultado da rodada, o Chelsea (25) segue líder e abre três pontos de vantagem para o Liverpool (22). O City segue em terceiro com 20 pontos, o West Ham aparece em quarto com o mesmo número de pontos dos citizens. O Manchester United é o quinto colocado com 17 pontos, a mesma pontuação do Arsenal que aparece em sexto lugar.

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?