fbpx

Para o mês das crianças, nada melhor do que falar um pouquinho sobre quarto infantil

 Para o mês das crianças, nada melhor do que falar um pouquinho sobre quarto infantil

Separamos para vocês algumas dicas de decoração para quartos de crianças com TEA (Transtorno do Espectro Autista). Pessoas com TEA sofrem com questões desafiadoras em relação às habilidades sociais, comportamentais e comunicacionais. Sendo assim, a arquitetura de interior, principalmente para pessoas autistas que fazem parte desse espectro, exige um trabalho mais especial e um cuidado a mais na hora de adaptar.

Os problemas de sono são muito frequentes nas crianças com autismo, por isso, é muito importante que o quarto tenha um efeito calmante, e não um efeito estimulante. Uma boa estratégia é usar elementos de barreira solar como persianas, pergolados e brises, deixando a luz mais difusa. Uma forte incidência solar pode ser um fator incômodo e a muita luz artificial também é ruim, principalmente se for a luz branca. Por isso, recomenda-se que os pontos de luz existentes no quarto possam ser controlados e regulados para deixar a temperatura mais suave. Nós indicamos a temperatura quente 3000K-35000K.

Créditos: Pinterest

Formas geométricas são facilmente reconhecidas pelas crianças e, para evitar uma super estimulação sensorial, é importante que você decore o quarto com materiais e mobiliários de formas simples e moderados. É muito comum usar papel de parede simples e minimalista para a decoração.

Créditos: Pinterest

Estimular a criança usando o método montessoriano no quarto é fundamental para quem se encaixa no espectro autista. Mobiliários na altura da criança como a cama e o guarda roupa, estimulará a independência do seu filho(a) ao conseguir subir e descer sozinho da cama e ao pegar e guardar os brinquedos e as roupas. Usar também um espelho para auxiliar no reconhecimento do próprio corpo é muito importante.

Créditos: Pinterest

Ter um espaço de refúgio no quarto para criar um ambiente aconchegante e agradável. A grande dica aqui é usar as cabanas! Além de estarem em alta na decoração infantil, elas promovem a auto-regulação, ajudando as crianças autistas a fugirem dos estímulos sensoriais quando se sentirem estressados.

Se você tem um quarto com multitarefas, definir as zonas de brincar, dormir, armazenar brinquedos e trabalhar é essencial para que a criança consiga se concentrar em cada atividade, o intuito aqui é deixar o ambiente previsível.

E você, quer saber mais sobre decoração? Corre no nosso Instagram @tunearquitetura!

 

Leia outras dicas de decoração e arquitetura em outras edições da coluna da Tune Arquitetura, aqui no Portal Contexto.ctxt!

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?