fbpx

No Dia da Mulher Negra, Museu Afro Brasil realiza visita virtual e clube de leitura

afro

Celebrada em 25 de julho, data surgiu para dar visibilidade à luta de mulheres negras pela inclusão, justiça e igualdade de direitos; no mesmo dia, é comemorado o Dia Nacional de Tereza de Benguela; ações acontecem nos dias 27 e 29 deste mês

O Museu Afro Brasil (MAB), instituição do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, apresenta uma programação especial para o mês de julho, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher Negra, Latino-Americana e Caribenha, celebrado no dia 25 (segunda-feira). A data também é marcada pelo Dia Nacional de Tereza de Benguela, líder quilombola que viveu no século XVIII e que se tornou um símbolo de resistência à violência da escravidão.

A Biblioteca Carolina Maria de Jesus dará continuidade ao “Clube de Leitura”, iniciativa que tem como foco a literatura produzida por escritoras e escritores negros, nacionais e internacionais, para apresentar ao público o acervo bibliográfico do MAB e disseminar as narrativas dessas obras por meio de debates.

O encontro do dia 27 julho dialogará sobre o livro “Cartas a uma negra”, de Françoise Ega. A escritora antilhana trabalhava em casas de família, em Marselha, na França, e um de seus prazeres era ler a revista Paris Match, na qual se deparou com um texto sobre Carolina Maria de Jesus e o seu livro “Quarto de despejo”.

Identificando-se, passou a escrever “cartas”, que nunca foram entregues, à autora brasileira. Publicado postumamente, “Cartas a uma negra” é considerado um dos documentos literários mais significativos e tocantes sobre a exploração feminina e o racismo do Século XX.
“O Museu Afro Brasil, alinhado a sua missão, compreende a relevância de uma data como o dia 25 de julho. Trazer essa data à tona é apontar os desafios de ser mulher negra no Brasil e também homenagear essas mulheres que são parte importante da nossa história. É sobre reverencia-las enquanto projetamos dias melhores. Daí a importância de uma programação especial para celebrar esse dia e o legado dessas mulheres” – Siméia de Mello Araujo, coordenadora do Núcleo de Educação.

A “Visita Temática: As Mulheres”, no dia 29, complementa as atrações ao propor reflexões acerca das produções artísticas de mulheres, por meio de obras do acervo do Museu Afro Brasil, bem como de personalidades importantes, como Beatriz Nascimento, utilizando-se de suas narrativas para discutir e memorar a presença de mulheres negras no Brasil.

Serviço

Clube de Leitura da Biblioteca Carolina Maria de Jesus: Cartas a uma negra
Data e horário: 27/07, das 15h às 17h
Local: Plataforma Zoom
Inscrições: https://museuafrobrasil.byinti.com/#/event/clube-de-leitura-cartas-a-uma-negra

Visita Temática: As Mulheres
Data e horário: 29/07, às 15h
Local: Plataforma Zoom
Museu Afro Brasil
Endereço: Parque Ibirapuera, Portão 10 / Estacionamento pelo Portão 3
Horário: Das 10 às 17h (permanência até as 18h)
Ingressos: R$15 (meia-entrada R$7,50) / Entrada gratuita às quartas-feiras
Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?
%d blogueiros gostam disto: