Programa possibilita visita virtual a Câmara dos Deputados

Com as visitas presenciais interrompidas, ação vira uma opção para quem não quer deixar de conhecer o complexo

Crédito: Câmara dos Deputados

A Câmara dos Deputados passa a oferecer visitas virtuais mediadas às principais dependências da Casa e áreas comuns com o Senado Federal. Desde o dia 30 de outubro já é possível passear pelos corredores do prédio sem sair do conforto da sua casa.

As visitações suspensas devido a pandemia da Covid-19, favoreceu a criação do método de visita online, que serão realizados em português por meio da plataforma Zoom. Os interessados devem a Inscrição prévia no Portal da Câmara. O passeio tem um limite de 30 pessoas.

A colaboradora da Câmara, Déborah Achcar contou o que achou da experiência. “Com 22 anos atuando na visitação ainda me surpreendo com a quantidade de informações relevantes e a beleza da nossa Casa. Matei um pouco da saudade. Que continuem se reinventando”, elogiou Déborah.

O programa de visitação ao Congresso Nacional é uma tradição para todas as pessoas que nasceram no Distrito Federal. Com foco na educação para a cidadania, o objetivo é transmitir informações sobre a história política do Brasil, conhecer sobre o processo de elaboração das leis e incentivar a valorização do patrimônio artístico e arquitetônico da Câmara dos Deputados.

Salão Nobre

Crédito: Câmara dos Deputados/Vitral Marianne Peretti

No Salão Nobre fica uma das peças mais memoráveis do complexo, de autoria do artista espanhol Gustavo Hastoy, com moldura de madeira nobre (cedro) e auto-relevo em gesso e folheado a ouro.  A obra fala sobre transição do Império para a República, registrando a assinatura do primeiro Projeto da Constituição Republicana de 1890.  No ano seguinte, o Brasil se tornaria República, com a assinatura da Constituição Republicana.

Plenário Ulysses Guimarães

Crédito: Câmara dos Deputados/Plenário Ulysses Guimarães

É o maior e principal plenário da Câmara dos Deputados e recebeu esse nome em homenagem ao estadista Ulysses Guimarães, deputado que presidiu a Assembléia Constituinte de 1988, também conhecido como o “Senhor Diretas”. Palco da discussão e da votação das leis que regem a vida de todos os cidadãos brasileiros, esse plenário possui 396 assentos, além de dois outros lugares adaptados para pessoas com deficiência.

Salão Verde

Crédito: Câmara dos Deputados/ Painel Ventania de Athos Bulcão

Nome foi dado por causa do tapete que cobre o salão. Nessa área do Congresso, são as cores do chão que distinguem a Câmara, verde, e o Senado, azul. Existem várias histórias relacionadas a essa distinção. Há quem diga que foi sugestão de Athos Bulcão, mas acredita-se que o responsável foi um funcionário da Casa à época, ou seja, mero acaso. Normalmente fica repleto de jornalistas, que buscam entrevistas com os parlamentares que circulam pelo Plenário. decorado por diversas obras de arte.

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?