fbpx

Libertadores: Santos e Grêmio saem na vantagem para o jogo de volta

Em casa, Santos vence o Deportivo Lara por 2×1. Já o Grêmio aplicou uma goleada histórica de 6×1 no Ayacucho, na Arena. Os embates da próxima fase já serão definidos na semana que vem

Diego Souza marcou um "hat-trick", fez três gols numa mesma partida e foi o nome da goleada do Grêmio em cima do Ayacucho por 6x1
Diego Souza marcou um “hat-trick”, fez três gols numa mesma partida e foi o nome da goleada do Grêmio em cima do Ayacucho por 6×1 – Foto: Foto: Staff Images/Conmebol

A edição de 2021 da Copa Libertadores da América começou nesta semana. Contudo, agora é o momento dos times que se classificaram para a Pré-Libertadores darem o pontapé inicial no torneio mais importante do continente. Os clubes que jogam esta etapa estão pleiteando uma vaga na fase de grupos da Libertadores. Santos e Grêmio são os times brasileiros que estão na briga para entrarem na fase de grupos da competição.

Santos x Deportivo Lara

O Santos recebeu em casa os venezuelanos do Deportivo Lara na última terça-feira (9). O time da Vila Belmiro foi a campo com um time de garotos, fez jus a fama de fábrica de bons jogadores e venceu a partida por 2 a 1 com gols de Vinícius Balieiro, de 21 anos, e de Kaiky, de 17 anos.

Com o resultado, o time comandado por Ariel Holan tem a vantagem da vitória ou empate por qualquer placar e da derrota por um gol de diferença a partir dos 3 a 2. Contudo, vale lembrar que a pré-Libertadores tem o critério de gol fora de casa para desempate. Com isso, o Santos não pode perder por 1 a 0 na partida de volta, porque será eliminado. Sendo assim, se o Deportivo Lara devolver o 2 a 1, a vaga será decidida nas penalidades máximas.

O jogo de volta será na semana que vem, às 19h15, na terça-feira (16), em Caracas. Em caso de clássico do Santos, o time paulista enfrentará na próxima fase o vencedor do confronto entre San Lorenzo (Argentina) ou Universidad de Chile. O jogo de ida entre estas equipes ficou empatado por 1 a 1. A volta será decidida na Argentina na quarta-feira que vem.

Grêmio x Ayacucho

O Grêmio recebeu na sua Arena o Ayacucho, do Peru, na noite da última quarta-feira (10). O jogo foi bem fácil para os tricolores que terminaram o primeiro tempo com 4 a 0. Após o apito final do árbitro o jogo sacramentou a maior goleada da história do Imortal na competição: 6 a 1 – repetindo o feito de 1984, quando derrotou a Universidad Los Andes, da Venezuela, pelo mesmo placar.

Os destaques da partida foram Ferreirinha e Diego Souza. O jovem atacante de 23 anos do Grêmio estava sendo pedido para ser escalado como titular pela torcida desde as partidas finais da Copa do Brasil. O técnico Renato Portaluppi escalou o garoto com titular e ele fez boas jogadas e marcou um golaço na partida de ontem. Será que o camisa 11 seguirá os mesmos passos de seus antecessores Cebolinha e Pepê? Só o tempo dirá.

Já Diego Souza, ou melhor, “Showza” justificou o apelido e marcou três gols na partida de ontem. Com isso, ele levou a bola para casa e se tornou o artilheiro isolado da competição. O que mais chama a atenção é a produtividade do atacante que já tem 35 anos. No ano passado, Souza foi o artilheiro do Brasil com 28 gols e vem mostrando cada vez mais que está adaptado a posição com sua veia goleadora.

O jogo que define a classificação está marcado para a próxima terça-feira, dia 16, às 21h30, no Estádio Olímpico de Atahualpa. O Grêmio pode até perder por três gols de diferença que estará na terceira fase da Libertadores – o rival sai de Unión Española e Independiente del Valle.

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?