HUB e UnB produzem máscaras cirúrgicas

O projeto conta com costureiras voluntárias e produz 1.500 máscaras por semana.

Costureiras solidarias do Distrito Federal abraçaram a proposta do Hospital Universitário de Brasília (HUB) e da Universidade de Brasília (UnB), de produzir máscaras cirúrgicas para os profissionais do HUB e estão trabalhando como voluntárias no projeto. A iniciativa começou no dia 16 de março e conta, além das costureiras, com voluntários que atuam na busca por fornecedores de matéria-prima, transporte e distribuição do material.

Ao todo, são cerca de 15 voluntários que garantem a produção de 1.500 máscaras por semana. O plano é expandir a produção e também disponibilizar aventais cirúrgicos.“Profissionais de saúde estão trabalhando e se arriscando por nós. Ajudar na produção de máscaras para garantir a proteção desses trabalhadores é o mínimo que podemos fazer”, garante a costureira Ana Bomfim. Ela é dona de uma malharia e, mesmo com a loja fechada e o caixa parado, decidiu atuar como voluntária no projeto.

“Receber a solidariedade e o apoio da sociedade civil tem sido um alento para os profissionais de saúde. Ficamos gratos e emocionados com essa ação, feita de forma tão responsável”, afirma a apoiadora técnica do projeto e gerente de Ensino e Pesquisa do HUB, Dayde Mendonça.

A professora do Departamento de Design da UnB Daniela Garrossini, uma das idealizadoras da ação, diz que a preocupação com os profissionais de saúde é muito grande. “É uma questão humanitária. Os trabalhadores da saúde est

ão na linha de frente e precisam estar protegidos para atender a população de forma adequada”, conta.

A ideia surgiu com o novo cenário mundial causado pela pandemia do coronavírus: a falta de equipamentos de proteção individual (EPI) no mercado. Instituições de saúde do mundo todo estão tendo dificuldade para adquirir esses materiais e buscam soluções alternativas. A produção das máscaras cirúrgicas segue resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Como ajudar

Para garantir a produção das máscaras cirúrgicas, o grupo precisa de mais material. Confira a lista dos produtos que podem ser doados:

  • Linha branca 5.000 jardas
  • TNT gramatura 40 (rolo de 50 metros)
  • Fio elástico roliço (100 metros)
  • Manta de SMS não tecido em polipropileno, tamanho 150×150/60gr
  • Fio de alumínio revestido (amarilho) 0,8 cm (fecho elástico)

Para doar ou apoiar o projeto como voluntário ligue para: 98123-7055 (Daniela Garrossini). Para outros tipos de doações, procure a Associação de Voluntários do HUB pelo telefone: 98401-8039 (Daniele).

 

 

* Com informações dos setores de comunicação do HUB e da FCE

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?