fbpx

Fórmula 1 adotará ‘VAR’ em 2022

fórmula
Imagem: Reprodução/YouTube
  • A medida foi anunciada pelo presidente da FIA, Mohammed Ben Sulayem;

  • Michael Masi deixará o cargo de diretor de prova e assume nova função na FIA.

Após a polêmica final em Abu Dhabi no ano passado, mudanças eram esperadas na Fórmula 1 para este ano. O novo presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Mohammed Ben Sulayem, anunciou as novidades para a temporada 2022.

Segundo o presidente da FIA, ele avaliou os eventos ocorridos na decisão do ano passado e decidiu propor uma reforma na organização da arbitragem e na direção de corrida. As propostas foram aprovadas pelo CEO da categoria e pelos chefes de equipe.

“Primeiramente, para auxiliar o diretor de prova no processo de tomada de decisão, será criada uma Sala Virtual de Controle de Corrida. Assim como o Árbitro Assistencial de Vídeo (VAR) no futebol, ele será posicionado em um dos Escritórios da FIA como reserva fora do circuito. Em conexão em tempo real com o diretor de corrida da FIA F1, ajudará a aplicar os regulamentos esportivos usando as ferramentas tecnológicas mais modernas”, disse o presidente da FIA.

A segunda mudança vem para evitar as polêmicas que foram vistas durante e após a corrida final em Abu Dhabi. “Em segundo lugar, as comunicações de rádio diretas durante a corrida, atualmente transmitidas ao vivo por todas as TVs, serão removidas para proteger o diretor da prova de qualquer pressão e permitir que ele tome decisões pacificamente. Ainda será possível fazer perguntas ao diretor de prova, de acordo com um processo bem definido e não intrusivo”, explicou Sulayem.

Outra mudança também motivada pelo o que foi visto na corrida final de 2021, quando Michael Masi autorizou os carros que estavam fora de volta a serem ultrapassados por Max Verstappen. “Em terceiro lugar, os procedimentos de unlapping por trás do safety car serão reavaliados pelo Comitê Consultivo Esportivo da F1 e apresentados à próxima Comissão da F1 antes do início da temporada.”

O presidente da FIA também anunciou a saída de Michael Masi, ele deixa de ser diretor de prova e terá uma nova função ainda não confirmada. “Niels Wittich e Eduardo Freitas atuarão alternadamente como Diretor de Prova, auxiliados por Herbie Blash como conselheiro sênior permanente”, contou. 

Mohammed Ben Sulayem ainda sinalizou que os planos propostos foram aprovados pelos membros do Conselho Mundial de Automobilismo e destacou: “Com este plano, a FIA abre caminho para um novo passo na arbitragem da Fórmula 1. Sem os árbitros, não há esporte. Respeito e apoio dos árbitros é a essência da FIA. É por isso que essas mudanças estruturais são cruciais em um contexto de forte desenvolvimento e expectativas legítimas de pilotos, equipes, fabricantes, organizadores e, claro, os fãs.”

A temporada 2022 da Fórmula 1 começa no dia 20 de março com o Grande Prêmio do Bahrein.

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?
%d blogueiros gostam disto: