fbpx

Final da Stock Car Pro Series será neste fim de semana 

stock
Gabriel Casagrande está em vantagem para a final no domingo. Foto: Duda Bairros/Stock Car
  • O grande campeão da temporada da Stock Car Pro Series será conhecido no domingo

  • A largada está prevista para às 13h40 para a corrida 1 e a 2, será às 14h18

  • A TV Band, Sportv irão transmitir o encerramento do campeonato

  • A corrida em Interlagos terá a exigência do Passaporte de Vacina

A principal categoria do automobilismo nacional, a Stock Car Pro Series, conhecerá o campeão da temporada no próximo domingo (12). As duas corridas do ano serão no Autódromo Internacional José Carlos Pace, em Interlagos, São Paulo. 

Três pilotos brigam pelo título da temporada 2021, Gabriel Casagrande (336 pontos), o tricampeão da categoria Daniel Serra (311 pontos) e Thiago Camilo (280 pontos).

Aos 26 anos, Casagrande lidera a tabela de classificação e diz que corre sem pressão, depois da corrida de Santa Cruz do Sul, ele disse:  “Como falei antes dessa etapa, a responsabilidade era toda dos meus adversários. Eles que venceram inúmeros títulos e corridas, e eu sou o cara que está chegando agora. Estou fazendo o que eu sei e gosto, que é correr de carro. Minha equipe me deu um carro excelente e eu fiz o que dava. Graças a Deus a gente conseguiu. E estamos no páreo”, completou.

Campeão em 2017, 2018 e 2019, Daniel Serra chega para decisão confiante, afinal “só termina quando acaba e tudo pode acontecer”, ele ainda acrescentou, “Já cheguei em decisão de título com essa vantagem e nem por isso cheguei tranquilo. Então, já fiz o papel de caça e agora é minha vez de ser o caçador. Vamos virar o caçador e pegar ele na final”, concluiu.

Em quarto na tabela de classificação, Rubens Barrichello, piloto da Full Time Sports, lamenta não ter chances para brigar pelo campeonato, mas celebra o fato de poder correr em Interlagos mais uma vez. “Interlagos é aquela prova que eu amo. Corri lá a semana passada (durante a final da Porsche Endurance) e por mim correria todo final de semana. Amo Interlagos, não só por ser de lá, de ter amigos por lá, de ter vivido toda a minha vida lá, mas por amar também o autódromo e seu circuito. Chegamos ao final de um campeonato muito competitivo, não estamos mais na luta do título por um ponto, mas estamos na luta sim para ganhar essa corrida”, destaca.

Passaporte da vacina

A Super Final BRB da Stock Car Pro Series, que será disputada em Interlagos, no dia 12 de dezembro, vai contar com a tecnologia Chronus iPassport. Desenvolvida pela startup franco-brasileira Mooh!Tech, a tecnologia fornecerá o mesmo passaporte de vacinação utilizado no Grande Prêmio de São Paulo de Fórmula 1. 

Para entrar no autódromo durante o final de semana, todos os presentes deverão apresentar o Chronus com certificado de vacina contra a Covid-19 e testes negativos. O cadastro pode ser feito pelo link: https://passport.stockproseries.com.br.

Esta será a primeira apresentação da Stock com liberação de 100% de público nas arquibancadas após o decreto que flexibilizou o Plano São Paulo, no começo do mês de novembro. As medidas para a etapa final em Interlagos atendem ao Decreto Municipal 60488/2021, que instituiu a obrigatoriedade de apresentação do comprovante vacinal completo contra Covid-19. 

A categoria também manterá um protocolo de segurança sanitária no qual estão incluídos uso de máscara e álcool gel, distanciamento social e monitores para orientar o público, entre outras medidas.

“A tecnologia Chronus pacifica os dados informados, ou seja, consegue identificar inconsistência e conceder mais segurança e expertise às informações de vacinação para os estados e municípios. A plataforma utiliza tecnologia avançada, segura e confiável, e eventuais erros ou tentativas de fraudes de registro de informações relacionadas à vacinação são detectadas”, explica Everton Cruz, CEO da Mooh!Tech.

No Grande Prêmio de São Paulo de Fórmula 1, que obrigatoriamente contou com a tecnologia CHRONUS i-Passport nos três dias de evento em Interlagos, das 67.427 pessoas que se registraram para comprar ingresso e passaram pelo Autódromo, 95,91% tomaram as duas doses de vacina contra a Covid e 2,74%, a primeira dose. Apenas 1,35% dos presentes, a maioria crianças menores de 12 anos, não estavam imunizados. No total, 793 pessoas foram proibidas de entrar na corrida por não estarem vacinadas ou não terem o ciclo vacinal completo. Destas, mais de 80% eram de nacionalidade estrangeira.

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?