Festival Drag online promete agitar o Carnaval

Mama Darling, uma das idealizadoras do festival. Foto: Maicon Douglas

Com nomes conhecidos da cultura drag brasileira, festival reúne música, diversidade e cultura queer

O fervo e a animação da Cultura Drag não poderia ficar de fora neste ano. E se a rua está fechada, elas vão invadir as telas e levar o carnaval para o mundo digital. Sim, neste ano o Festival MinhoQueens de Cultura Drag será online com muita música, dança, conversas e claro, lipsyncs (em bom português, dublagens)!

A primeira edição será nos dias 13, 20 e 27 de fevereiro. Entre os nomes confirmados estão: Lia Clark, a YouTuber Rita Von Hunty e um dos nomes mais conhecidos do movimento LGBTIA+ no país, Silvelty Montilla.

O Festival MinhoQueens de Cultura Drag  idealizado por Fernando Magrin (Mama Darling) e pelos DJs Will Medeiros e Luis Giusti, não é apenas uma festa, mas um movimento que usa a música para falar de diversidade e de cultura queer. O coletivo não foge à luta, um dos exemplos é o trabalho com a Casa Florescer, que acolhe travestis e mulheres transexuais. E os organizadores prometem que a ideia é que mais projetos e ações sociais surjam para que a diversidade siga em pauta mesmo depois do Carnaval.

Pepita e Kaya Conky se apresentam no primeiro dia de festival. Foto: Raphael Angelo @raphaelang

Atrações do MinhoQueen

O festival terá shows de Pepita, Lia Clark, Kaya Conky e Danny Bond. Serão três dias de festa (13, 20 e 27 de fevereiro) sendo duas lives por sábado: uma às 16h e outra às 20h, e ainda terá a participação dos DJs do bloco, Will Medeiros, Luis Giusti e Paola Cadillac.

O evento contará ainda com a presença ilustre de Silvelty Montilla, Alexia Twister, Jade Odara, Mackaylla Maria e Mama Darling. Elas serão as apresentadoras desta primeira edição online do MinhoQueens.

Ao todo, serão mais de 40 atrações drag queens e transgender, sendo um debate com Rita Von Hunty, Salete Campari, Tchaka e Duda Navara e performances de dança e lypsinc com Ikaro Kadoshi, Danny Cowlt, Lysa Bombom, Thalia Bombinha, Paola Cadillac, Drag Baiana, Chloe Stardust, Carlão Sensação, Indra Haretrava, Xaniqua Laquisha, Regina Schazzitt, Mahina Starlight, Marcinha do Corintho, Ginger Moon, Pabllo Vittar Cover, Gloria Groove Cover e mulheres trans da Casa Florescer.

Todo o repertório das apresentações será baseado na música pop, trazendo como plano de fundo uma mostra fotográfica com pontos turísticos e artistas LGBTQIA+ da cidade de São Paulo, do Carnaval e da Casa Florescer, além da apresentação musical dos blocos Meu Santo é Pop e Desculpa Qualquer Coisa.

Durante o festival, quem quiser poderá realizar doações diretamente para a Casa Florescer por meio de uma chave PIX que será exibida durante toda a programação

Esta edição do MinhoQueens tem apoio e patrocínio do Governo do Estado e Secretaria da Cultura e Economia Criativa de São Paulo por meio do Edital PROAC Expresso Aldir Blanc, com o objetivo de fomentar o acesso à cultura e a economia criativa.

Programação

A programação completa deverá ser divulgada em breve pela organização. Para entrar nesta festa, acesse: http://bit.ly/festivalminhoqueens

13/02/2021 às 16h – sábado
APRESENTAÇÃO:
Mama Darling e Alexia Twister
POCKET SHOW com Pepita
PERFORMANCES:
Marcinha do Corintho
Drag Baiana
Xaniqua Laquisha
DJs
Will Medeiros
Luis Giusti
_________________________
//LIVE 2//
13/02/2021 às 20h – sábado
APRESENTAÇÃO:
Mama Darling e Alexia Twister
POCKET SHOW com Kaya Conky
PERFORMANCES:
Thalia Bombinha
Regina Schazzitt
Mahina Starlight
DJs
Will Medeiros
Luis Giusti
Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?