Auxílio emergencial será prorrogado até o fim do ano

auxílio
Foto: Marcos Corrêa/PR

Nesta segunda-feira (1), o presidente Jair Bolsonaro confirmou que o auxílio emergencial será mantido até o fim de 2020. O anúncio foi feito após reunião com ministros e os líderes do governo do Congresso Nacional. 

O benefício terá mais quatro parcelas, mas o valor será atualizado para R$ 300. O presidente já vinha sinalizando a necessidade de reduzir o valor do benefício. Bolsonaro afirmou que “R$ 600 é muito para que paga e podemos dizer que não é o valor suficiente para todas as necessidades, mas basicamente atende”.

O auxílio emergencial foi criado para beneficiar os brasileiros que perderam a renda por conta da pandemia do coronavírus. Assim, trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos e desempregados puderam dar entrada no pedido benefício que originalmente era de R$ 600.

O pagamento do benefício começou em abril e duraria três meses. Em junho, o auxílio foi prorrogado pelo governo federal e agora, em setembro, o planalto confirma a continuidade do programa, mas com a redução do valor.

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?