[Território Múltiplo] Experiência gastronômica no Rubaiyat

Depois de assistir a inúmeras temporadas de MasterChef e outros realities de Gastronomia, posso dizer que comecei a entender melhor a arte que vem da cozinha. Comer é sem dúvida um dos melhores prazeres da vida. E hoje, quero compartilhar com vocês, a experiência de ter provado o cardápio do Rubaiyat, que feito especialmente para o Restaurant Week. Apesar do nome, o festival dura mais do que uma semana, e a primeira edição de 2020 termina no próximo domingo. Então, não precisa ler a coluna e ficar na vontade. Aproveite para ir e depois comente conosco o que achou, fechado?

Dentro do Restaurant Week, os restaurantes participantes oferecem menu completo, que inclui: entrada, prato principal e sobremesa. O detalhe está no preço, no caso do Rubaiyat, o Menu Premium será vendido a valor único de R$ 68 em todos os horários.

Dentro do menu, o cliente tem escolha. Ou seja, se carne não é uma opção para você, não tem problema, existe a opção vegetariana. Então, explicada as regras vamos ao que interessa.

 

Salada Caesar – Foto: Rayan Ribeiro

Para começar, o Rubaiyat propôs duas opções de entrada: a empanada salteña, recheada de carne e acompanhada de mix de folhas e molho Rubaiyat, e a Salada caesar, preparo de alface americana, croutons, cebolete, parmesão e molho homônimo.

 

Empanadas – Foto: Rayan Ribeiro

Tenho que destacar que espetáculo a massa da empanada, que surpreende o paladar. Observação importante, eu já provei a famosa empanada da Chef Paola Carosella, sim, a jurada do MasterChef.

A Salada Caesar traz os elementos que você espera de uma salada caesar. Para mim, o toque do parmesão deu um charme especial. Qual a melhor entrada? Se você não tem nenhuma restrição, pode escolher de olho fechado, pois os dois são pratos muito bem resolvidos.

Partindo para o prato principal, temos três opções, são elas: Filé ao molho roti com risoto de vinho do Porto, pêra e queijo brie, que é servido com ceboletes e redução de vinho, e o Filé de pescada ao molho de tomate, azeitonas pretas e manjericão fresco e banana da terra, acompanhado de arroz branco e cebolete. A opção vegetariana é o Espaguete ao Pesto, que também leva manjericão fresco e parmesão.

Foto: Rayan Ribeiro


Os vegetarianos podem ficar muito felizes com o Espaguete ao Pesto, uma ótima opção. Eu tenho uma quedinha por pesto, então, confesso. Quanto ao filé de pescada, eu gostei muito do molho de tomate, talvez ele seja o protagonista desse prato, e proposta de incluir a banana da terra.

 

Foto: Rayan Ribeiro

Para mim, o Filé ao molho rosti com risoto é a opção vencedora. Dizem que as carnes são a especialidade da casa, e eles acertaram em cheio! Com muito sabor, o filé e molho se encontram em uma combinação fantástica e o risoto também surpreende.

Quer imagens do Filé? Taí:

Foto: Rayan Ribeiro

Indo para a sobremesa, temos o Creme de laranja com caviar de tapioca com hortelã, finalizado com raspas de laranja (foto abaixo) e Pudim de baunilha coberto com calda de caramelo.

Foto: Rayan Ribeiro


Quando o assunto é sobremesa e o pudim é uma opção, é.. Ele será a minha escolha sempre. Sou do #teampudim, mas se você quiser se surpreender e provar novos sabores, o creme de laranja traz um tom sofisticado e inova com o caviar de tapioca com hortelã.

 

Foto: Rayan Ribeiro

Então, você pode ir pela opção conhecida (bem que esse pudim não é como aquele da padaria #ficaadica), ou explorar o novo.

Refeição chegando ao fim, só podemos parabenizar o chef John Nascimento e todo time pelo belo trabalho!

Fico por aqui e até a próxima aventura!

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?