fbpx

Projeto de Lei que criminaliza corrida de cães é apresentado na Câmara dos Deputados

cães
Créditos: PixaBay/Banco de Imagens

O tema voltou a ser discutido depois que foi encontrado registros das corridas no Sul do Brasil

Desde que a violenta corrida de galgos (Raça de cães) foi denunciada e exposta ao país, o legislativo se movimenta para prover alguma atitude contra a prática. Hoje (12), foi apresentada o Projeto de Lei 84/21, que torna crime promover, estimular, divulgar ou permitir a realização de corridas, lutas, disputas ou outras atividades extenuantes utilizando cães, mesmo que não haja apostas ou lucro financeiro, brindes ou promoções. O texto atualmente, encontra-se em trâmite na Câmara dos Deputados.

“Sabemos que a corrida de cães é reprovada no mundo todo, razão pela qual foi proibida em países como Estados Unidos, Itália, França, Argentina e Uruguai, como resultado do clamor popular”, explica o autor da proposta, deputado Ricardo Silva (PSB-SP). “A proibição dessa prática cruel em países da América do Sul (Argentina e Uruguai) tem causado o crescimento da conduta em diversas localidades do Brasil, especialmente na região Sul do País”, denuncia.

cães
Silva: “Há casos em que os animais são submetidos ao uso de drogas que visam melhorar o rendimento na corrida” | Créditos: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

Segundo o projeto, a conduta passará a ser equiparada ao crime de abuso, maus-tratos, ou mutilação de cães e gatos, com pena prevista de reclusão de dois a cinco anos, multa e proibição da guarda.

Corrida de Galgos

Após ser proibida na Argentina e Uruguai, as competições de corrida com os cães da raça Galgo se instalaram em cidades fronteiras no Rio Grande do Sul, como Quaraí, Uruguaiana, Santana do Livramento e Bagé.

Para competirem, os animais são submetidos a injeções de medicamentos energéticos, o que os tornam agressivos e vigorosos para correrem na pista. Além dos tóxicos, os galgos são armazenados em locais desumanos, sem receberem alimentação ou os devidos cuidados.

Prática Centenária

Os galgos estão entre as raças mais antigas do mundo. Existem registros históricos de Greyhounds (raça da qual os galgos se originaram) datadas de mais de cinco mil anos, presentes em pinturas de cavernas e até em tumbas no Egito antigo.  Desde aquela época, esses cachorros já se destacavam pela notória habilidade de corrida. O físico alongado e curvilíneo contribuía para que fossem ótimos caçadores.

Com o passar do tempo, os cachorros começaram a se popularizar pelo Mundo e sua agilidade já chamava a atenção, até que no fim do século XVIII surgiu a corrida de galgos na Inglaterra. Desde então, o esporte canino ganhou força em vários países, mas o território britânico sempre foi o berço principal.

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?