fbpx

Musical em homenagem a Gonzaguinha chega a Brasília

Espetáculo O Eterno Aprendiz reverencia um dos maiores artistas populares do Brasil. Em cartaz nos dias 26 e 27 de março no Teatro da Unip (913 Sul)

O espetáculo musical recordista de público do verão 2020 no Rio de Janeiro volta a Brasília prometendo repetir o grande sucesso de suas apresentações esgotadas de 2016 e 2018. Gonzaguinha – O Eterno Aprendiz homenageia a trajetória de um dos maiores artistas populares do país tendo como ponto de partida suas principais ferramentas de trabalho: a música e a palavra.

A produção cênica estará em cartaz nos dias 26 de março (sábado), às 21h30, e 27 de março (domingo), às 21h, no Teatro da Unip, na 913 Sul. Ingressos à venda pelo site: www.maisingressos.com. Informações: telefone (61) 4101-1121 e WhatsApp (61) 98144-1514.

Com mais de 50 mil espectadores em sua temporada no Teatro João Caetano, no Rio de Janeiro, no verão de 2020, o espetáculo retorna para sua temporada carioca em 2022 no Teatro da Gávea, dando só uma pausa para essas duas apresentações em Brasília. Um momento raro que o público do DF não pode perder.

No palco, o ator Rogério Silvestre faz o papel de Gonzaguinha, interpretando um texto poético que passeia por momentos marcantes da vida do cantor e compositor carioca, como a infância no morro do São Carlos, no Rio de Janeiro, os primeiros passos na carreira artística, os embates com a ditadura militar e a relação conflituosa com o pai, o rei do Baião, Gonzagão.

Intercalada à dramaturgia, são interpretadas 16 canções de Gonzaguinha, entre elas “Explode Coração”, “Recado”, “Começaria Tudo Outra Vez” e “Moleque”. Para isso, o espetáculo conta uma banda formada por dois cantores e cinco músicos, propondo um diálogo enriquecedor entre produção artística e vida pessoal e profissional.

Os temas que integram o musical também evidenciam como o compositor, numa constante busca, foi um dos poucos a falar com tanto domínio poético e olhar crítico sobre o morro, as questões sociais e o amor, para isso recorrendo a diferentes linguagens e ritmos, como o samba, o bolero e o baião.

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?
%d blogueiros gostam disto: