fbpx

Exposição virtual “Ô Culpa” fica em cartaz até outubro

culpa
Foto: Karina Santiago

Promovida pelo Centro Cultural TCU, a exposição virtual “Ô Culpa” fica em cartaz até o dia 9 de outubro

A intensa experiência vivida pelo fotógrafo Rodrigo Koraicho em uma ocupação em São Paulo deu origem à mostra “Ô Culpa”, que foi inaugurada virtualmente na noite desta terça-feira (3), mas segue em cartaz no Centro Cultural TCU até o dia 9 de outubro.

O fotógrafo paulista, em agosto de 2019, acompanhou de perto a rotina de pessoas sem moradia própria ou que perderam suas casas e precisaram passar a conviver em um mesmo espaço. O local tinha regras determinadas como a proibição do uso de drogas, barulho em horários inadequados, higiene nos locais compartilhados e priorização pelo convívio harmônico, o que nem sempre prevalecia em meio a tantas complexidades.

A exposição revela narrativas de vida, de superação e das mais variadas adversidades em 20 fotografias de grande formato, 2 instalações artísticas e 3 projeções audiovisuais do artista, com a atualíssima abordagem do tema da luta social por moradia. Só em São Paulo, o maior centro urbano do país, há mais de 200 ocupações que abrigam mais de 45 mil famílias e um déficit habitacional imenso, apesar dos mais de mil imóveis abandonados ou subutilizados que a cidade dispõe 

De acordo com Rodrigo, o nome “Ô Culpa” vem da ambiguidade conceitual em contraponto à afinidade sonora das palavras culpa e ocupar ou ocupação, lidando com uma questão social que é direito fundamental. Para estas famílias, o futuro é a incerteza de uma residência efêmera debaixo de um viaduto. Culpa compartilhada, culpa de todos nós. A relação intrínseca entre corpo e espaço, sonho, identidade, intimidade e família, presente nas imagens, busca criar inquietações permeando por essa zona cinzenta da materialidade da obra e sua representação simbólica.

Também fazem parte do projeto um documentário com entrevistas e cenas filmadas na ocupação, desenhos de lares feitos pelas crianças, e objetos trocados com os moradores. A temática apresentada tem relação direta com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) adotados pela Cúpula das Nações Unidas e com diversas áreas de atuação de controle do TCU. Em especial, os objetivos 10 e 11, respectivamente, a redução das desigualdades dentro dos países e tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis. Sem pretender trazer soluções concretas, a exposição amplifica o debate a respeito de um dos grandes problemas sociais das grandes cidades, humanizando cada personagem, fruto de uma história repleta de lutas, vitórias e derrotas. 

Rodrigo Koraicho foi premiado em 2020 com bronze no Prix de la Photographie – Paris (PX3), recebeu menção honrosa no Tokyo International Foto Awards (TIFA) e foi um dos artistas selecionados para publicação da Ain’t Bad 15. Em 2021, teve 3 ensaios premiados em uma mesma edição do Moscow International Foto Awards (MIFA) e foi shortlist no IMA next “COVID”.

Mostra virtual

Por causa da pandemia, a exposição será apenas virtual. O Programa Educativo também se adaptou e criou uma nova plataforma para que novos recursos fossem disponibilizados para as visitas mediadas, tal como textos, vídeos, áudios e até jogos que possam trabalhar o tema da exposição de uma forma mais lúdica. 

As visitas mediadas são para todas as faixas etárias, desde crianças até adultos e poderão ser agendadas de segunda a domingo, em diferentes horários, pelo link https://tinyurl.com/visitamediada, onde o visitante pode entrar e agendar sua visita ou escolher outro tipo de atividade disponível. 

Exposição: Ô Culpa

Onde: Galeria do Centro Cultural TCU – acesso pelo tour virtual (Link) ou visita guiada, agendada no Iscnet
Quando: 3 de agosto até 9 de outubro
Com visitação virtual através do link: https://tinyurl.com/oculpa
Agendamento Programa Educativo: link https://tinyurl.com/visitamediada

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?