Aplicativo ajuda artesãos do DF a manterem vendas

artesãos do DF
Artesanato de Brasília. Foto: Divulgação/Setur-DF

Aplicativo ajuda na venda de mercadorias de pequenos produtores

O artesanato do Distrito Federal ganhou um aliado para manter o comércio durante o período de isolamento social imposto pela pandemia de coronavírus. O aplicativo Square City, uma plataforma de vendas online para artesãos, guias, passeios turísticos e vendedores locais – foi criado a partir de parceria entre Secretaria de Turismo (Setur-DF) e a Federação das Associações de Artesãos do DF e Entorno (Faarte/DF) e já conta com mais de 120 parceiros cadastrados.

Segundo a Setur, a previsão é que anúncios feitos no aplicativo também sejam veiculados em vitrines e lojas físicas de shoppings da cidade. O Governo do Distrito Federal (GDF) também ajuda na divulgação dos produtos e serviços com publicações em redes sociais. De acordo com o GDF, produtos de artesanato movimentaram cerca de R$ 870 mil em 2019.

O presidente da Faarte/DF, Herbert Amorim, reforçou que a solução é a mais adequada para o momento. “Analisamos diferentes plataformas, e a mais completa é a da Square City”, disse. “Estamos criando um movimento de todos para todos”.

A mesma avaliação foi feita pela presidente do Sindicato dos Artesãos do DF, Sandra Madeira. “Essa iniciativa é necessária em um momento difícil”, destacou. “As pessoas estão preocupadas e buscando soluções. A Setur está de parabéns, e tenho certeza que a plataforma vai ajudar muitos artesãos do DF”.

Vendas online

A plataforma Square City não cobra nenhum tipo de taxa sobre produtos vendidos, um incentivo para pequenos empreendedores. A ferramenta cria lojas virtuais que podem ser achadas via QR Code – um tipo de código de barras que também serve para endereços da Internet -, que podem ser impressos em cartões ou anúncios. Após a aprovação do cadastro dos interessados em vender online, os profissionais podem criar os próprios espaços virtuais e divulgar os produtos.

Como fazer parte

Após contratado o aplicativo – operação para a qual não há custo –, o artesão deve aguardar a liberação do administrador para iniciar o cadastro de produtos e, em seguida, preencher um formulário. Depois de feito o cadastro de todos os produtos, é gerado um QR Code e um link próprio da loja virtual para ser compartilhado. A partir desse momento, as vendas podem ser iniciadas.

O cadastro pode ser acionado pelo link www.square-city.com.

 

* Com informações da Setur

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?