Conheça os representantes do DF no Prêmio Nacional Dólmã, a maior premiação de gastronomia do país


Após ter vencido a competição regional em dezembro, Otávia Cabral vai confiante para a premiação acontece em Teresina (PI) no final de março. Lui Veronese concorre na categoria nacional.


Otávia Cabral e Lui Veronese estão entre os representantes de Brasília no Prêmio Nacional Dólmã. O Oscar da gastronomia brasileira chega a terceira edição e a entrega dos troféus está prevista para acontecer em Teresina (PI) no mês de março.

A premiação tem duas categorias: nacional e estado. Na nacional, são cinco chefs indicados, cada um de uma região brasileira. Lui Veronese, representando o Centro-Oeste concorre a honraria.

O brasiliense ficou entre os quatro melhores chefs no programa Mestre do Sabor, da Rede Globo, e reconhece que “a profissão é pouco valorizada e não temos um reconhecimento forte cultural acerca de nossa gastronomia, a premiação com as suas ações vem somando forças para melhorar esse panorama. A busca por promover e reconhecer Chefs mais atuantes e com responsabilidade social e cultural deve ser incentivada. Por isso, ser reconhecido como um desses profissionais que procura fazer um trabalho progressista para o setor é legitimamente honroso!”, conta Veronese.

Já na categoria por estado, três chefs disputam o título e funciona assim: um indicado pelo Chef Embaixador(a), outro pela votação via internet e a terceira vaga é o resultado do concurso regional, o Enchefs. 

Após o Enchefs em dezembro, Otávia Cabral conquistou a vaga e segue confiante para receber o título de melhor Chef do Distrito Federal. Experiente em competições gastronômicas, a chef apostou em uma receita campeã, a famosa banana marmelo recheada com carne porco, ela conta que “prato com ingredientes do campo com um sabor incrível, uma explosão de sabores”.

 

Prato vencedor de Otávia Cabral no Enchefs, competição realizada em dezembro passado.

Otávia conta que sua relação com a gastronomia iniciou desde a infância, através da sua avó cozinhando na fazenda no fogão de lenha. “Aprendi a confecção de queijos, linguiças, cura e o cultivo de muitas hortaliças na horta, além do cultivo de milho, mandioca, banana, laranja, pequi, tudo que um goiano gosta!”, lembra.

“É um momento único poder mostrar minha vocação no segmento da gastronomia, ainda mais representando o Distrito Federal com mais dois colegas super competentes”, destaca. A categoria ainda terá: Ronny Paterson, indicado pelo Chef Embaixador e Tonico Lichtsztejn, indicado pela Comissão de Pesquisa, pois não houve indicações suficientes pela Internet.

Veja a lista completa dos indicados: https://bit.ly/2R4xKOC

Tour Gastronômico
Quem quiser sair da vontade e experimentar as criações dos chefs indicados aos prêmios pode visitar nos seguinte locais:

  • Otávia Cabral, Restaurante Vó Carolina, na 201 norte.
  • Lui Veronese, Sallva, Pontão do Lago Sul, o cardápio leva a assinatura do chef.
Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?