fbpx

Especialistas criam Mapa do Ronco no Reino Unido

O ronco pode até ser um sucesso no Reino Unido, mas esse hit não aparece nas grandes cidades

ronco
Foto: Kampus Production/Pexels

Curioso? No mínimo, o estudo feito por pesquisadores britânicos criou o Mapa do Ronco, e os especialistas listaram as cidades com mais roncadores no Reino Unido e no mundo.

Para realizar o estudo, os especialistas do sono da Sleepseeker criaram uma lista de pesquisa sobre o tópico ronco. O Planejador de palavras-chave do Google foi usado para descobrir quantas vezes os termos foram pesquisados ​​em cada local nos últimos 12 meses. Depois, foi calculado o número de buscas por 1.000 pessoas em cada cidade analisada. Assim foi possível criar um ranking de ronco no Reino Unido e no mundo.  

Antes de falar das cidades, vamos entender o que é o ronco, esse fenômeno se caracteriza quando uma pessoa bufa ou faz barulho de chocalho enquanto respira durante o sono. A origem do ronco está no palato mole e do tecido da parte posterior da boca, nariz ou garganta.

E para quem tem um “roncador” em casa, sabe bem que o barulho pode ser ouvido de longe e dificultar o sono. 

A cidade que mais ronca no Reino Unido não é um grande centro, parece estranho, mas o resultado do estudo coloca Cambridge na liderança. Lá se registrou o número de 7.450 buscas relacionadas ao ronco nos últimos 12 meses. Ou seja, 49,99 pesquisas por 1.000 residentes, tendo assim, a taxa mais alta do Reino Unido e do mundo. 

Em segundo lugar aparece a cidade de Bournemouth, que tem uma população estimada de mais de 510 mil pessoas. Por lá foram realizadas 9.150 buscas sobre o ronco nos últimos doze meses, o que significa uma taxa de 49.04 buscas por 1.000 pessoas.

Por outro lado, a cidade em que melhor se dorme é Glasgow, a capital da Escócia registrou 3.240 buscas sobre o tema no ano passado, e a taxa chega a 5,29 por 1.000.

No ranking mundial, Dublin lidera, seguido por Canberra, Cingapura, Wellington e Londres fecha as cinco capitais do ronco.

Estima-se que cerca de 2 bilhões de pessoas no mundo ronquem e isso é uma questão que afeta mais os homens do que as mulheres. 

Quais são as causas do ronco?

Existem diversos fatores que podem causar o ronco, entre eles estão: o fumo, o consumo excessivo de álcool e estar acima do peso.

A posição em que se dorme também pode influenciar se a pessoa vai ou não roncar durante a noite. Se você dorme de costas, então existe uma pressão nas vias aéreas aumentando as chances do ronco. Para evitar, é possível dormir de lado, de bruço ou se dormir de costas é a sua posição favorita, você pode colocar alguns travesseiros extras para que o peso do seu corpo não pressione seu tórax e dificulte a respiração. 

Além de rever a posição na hora de dormir, é recomendado a redução do consumo de álcool e tabaco e a prática regular de exercícios físicos. 

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?